Hospital da Serra normaliza atividades cirúrgicas

O trabalho no centro cirúrgico do Hospital Público Municipal da Serra (HPMS), no Trapiche, região serrana de Macaé, foi retomado no último dia 19. Até o dia 27, ou seja, em nove dias, foram realizadas 85 cirurgias. A unidade, considerada referência no atendimento de emergência da população da área rural do município, é também polo de cirurgias eletivas.

As cirurgias ficaram suspensas por alguns dias para o centro cirúrgico receber obras de manutenção e reforma. Além do atendimento de alta e média complexidade, a população da serra conta ainda com várias unidades de atenção básica, que oferecem serviços médicos, de enfermagem e odontológicos.

Das 85 cirurgias realizadas em nove dias, 50 são classificadas como de pequeno porte e 35 foram nas áreas de urologia, pediatria e geral. Com 30 leitos, o HPMS oferece atendimento ambulatorial nas áreas de ginecologia, clínica geral, endocrinologia, urologia, alergia e de internação clínica. O paciente cirúrgico passa por avaliações cardiológicas e clínicas, além de análise por parte do anestesista e, uma vez considerado sem grande risco clínico, é submetido ao procedimento.

O serviço ambulatorial conta ainda com odontologia clínica e pediátrica, fisioterapia, exames de imagem com ultrassografia e raio-x, exames laboratoriais e eletrocardiograma, de segunda a sexta-feira.

O cronograma de cirurgias já foi definido: às segundas-feiras são realizadas pequenas cirurgias reparadoras; às terças-feiras, pediatria e urologia; às quintas-feiras, urologia e às sextas-feiras, cirurgia geral.

Região serrana possui sete equipes de atenção básica

A região serrana conta também com sete equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF), compostas por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e agentes comunitários de saúde. A cobertura é de 100% da serra deste modelo de assistência voltada para a promoção da saúde e a prevenção de doenças.

Dentro do projeto de expansão da Atenção Básica, desde janeiro, o município conta com 10 novas equipes de Estratégia Saúde da Família que atendem mais 40 mil pessoas. Com a implantação das novas equipes, o município passou a assistir 160 mil macaenses, o que corresponde a cerca de 70% da população.

Odontologia

O serviço descentralizado de odontologia nos distritos e localidades conta com oito locais de atendimento para crianças e adultos. O trabalho na área também é realizado nas escolas da rede municipal, por meio do projeto de restauração dentária atraumáutica. Por mês são realizados cerca de 800 atendimentos.

Primeiro Click

Portal de Notícias que desde 2014 informa e forna opinião no interior do Estado do Rio.

Deixe uma resposta