Casimiro: Câmara ignora opinião pública e aprova criação e aumento de impostos do Governo Paulo Dames

Vereadores da bancada de sustentação do Governo Paulo Dames (PSB) deram uma clara demonstração na sessão desta quarta-feira, 27, de não se importar com a opinião pública e com as consequências de seus votos, sobretudo, para a população de baixa renda.

Com votos favoráveis do presidente do Legislativo, Rafael Jardim, além de Bruno Miranda, Alex Neves, Bitó, Neném, Marquinhos e Lelei, o Governo Municipal conseguiu aprovar em regime de urgência quatro projetos que criam e aumentam impostos na cidade.

A partir de janeiro, o contribuinte do município pagará mais caro, por exemplo, pela taxa de iluminação pública. Além disso, o ISS – imposto que incide diretamente na iniciativa privada e pode afugentar novas empresas e até mesmo ajudar a fechar postos de trabalho existentes na cidade – também teve sua alíquota reajustada, bem como a a tarifa sobre o recolhimento de lixo e entulho.

De acordo com Rodrigo Barros, administrador da página Os Bastidores e que esteve cobrindo a sessão onde os projetos foram votados e aprovados, a indignação da população ficou clara, sobretudo, quando um morador perdeu a cabeça na assistência e criticou veementemente os vereadores de situação.

Nem mesmo os apelos feitos pelos vereadores de oposição, Dr. Adriano e Ramon, que pediram que fosse retirado o pedido de urgência para ampliar o prazo de discussão com a sociedade, foram suficientes para sensibilizar a bancada governista.

Primeiro Click

Portal de Notícias que desde 2014 informa e forma opinião no interior do Estado do Rio.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.